quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Sim, eu sou doido (?)

Ouvindo "Ilusion", cantado por Marisa Monte e Julieta Venegas

Opa, tudo tranquilo?
Pelo post anterior alguma pessoa inocente ainda pode se perguntar qual o meu 'problema', hehehe.
EU...CURTO...CARAS!! Não é bem um problema, mas acho que vocês entendem quando eu digo que é problema.

Vou contar quando isso começou a ser mais forte que eu...
Desde pequeno eu sempre soube que eu não era igual aos outros, mas não entendia direito o que me tornava tão diferente. Um ponto que me lembro é que não conseguia ficar pelado pra tomar banho com os primos/amigos. Porém quando isso acontecia eu ficava olhando o "cacho" rsrsrs que eles tinham entre as pernas, mesmo sabendo que não era pra eu me interessar por isso. Eu não entendia por que não era certo eu me interessar e ao mesmo tempo eu me interessava como se fosse instintivo.

O Tempo foi se passando e com a puberdade tive que guardar esse meu segredo cada vez mais forte. Na verdade eu achava que isso iria passar e fui me concentrando apenas nas meninas. Uma ficada atrás de outra e eu ainda assim não me satisfazia por completo, era bom e tudo mais, mas eu ainda sentia que faltava algo.

Entrava em sites aleatórios que possuiam qualquer tipo de chat apenas pra conversar e percebi que havia gente que usava msn + webcam pra 'aliviar', foi quando eu decidi criar um msn fake pra me aproveitar disso, kkkk. Foi aí então que eu criei a Danny, auhauha, com o nome de uma colega e foto de outra eu falava com caras heteros até que eles ligassem a cam e então me satisfazia.
Depois todos na net começaram a ficar mais espertos e não ligavam mais a cam para quem não tivess cam, partindo disso dei outro passo: comprei uma webcam e me transformei no Dan. Com cerca de 16 anos sempre que tinha vontade de bater uma eu entrava no msn fake e ligava a cam pra alguém que eu não fazia mínima questão de saber de onde era ou idade ou coisas do tipo, queria 0% conversa e 100% ação.

Logo depois descobri que havia um lado do orkut que existiam pessoas que nem eu, então, curioso, decidi criar um perfil com uma foto simples do meu peito para ver se algo poderia acontecer para matar minha curiosidade, cada vez maior, de sentir o toque e beijo de um homem. Mas conversa vai, conversa vem, não tive coragem nenhuma vez. Até que numa bela tarde depois da escola conheci um cara no orkut que tinha uma foto bem atraente e tudo mais, nisso decidi na doida encontrar ele. Nervoso, saí de casa já querendo voltar, mas eu precisava saber se era isso que eu queria pra mim e se eu não desse esse passo eu nunca saberia.

Estava eu em um lugar movimentado, tentando identificar quem era esse cara... quando olho na minha frente um baixinho, gordinho e feinho falando "iae, blz?". Naquele momento eu queria sumir, mas não sabia o que fazer e fomos conversando a pé até um motel e eu pedindo a Deus pra me tirar dali, kkkkk. Quando chegamos no motel a mulher da recepção perguntou minha idade e pediu minha carteira, como ela viu que eu era menor de 18 anos não permitiu minha entrada. Na hora eu não sabia se sorria ou se chorava de tanta alegria, me despedi e fui pra casa me culpando e pensando como sou DOIDO!

5 comentários:

Caio disse...

Ahh, muito legal esse blog...
e gostei da música, vc parece muito divertido...
tô esperando pelo próximo post já ;)

Anônimo disse...

Nossa!

Realmente, você não estava brincando quando disse que tinha muitas histórias para contar.

Caramba! O cara não sabia que menor de idade não pode ir em motel? É tão básico...

Abraços,
PC

Theo disse...

Interessante...
Quem nunca se meteu numa "fria" no começo, né??? hehe

Olha, com base nos dois primeiros posts, posso jurar que vai valer mto a pena vir cá ler suas histórias.

Sucesso pro blog!

Abço ^^

João de Deus disse...

kkkkk, sempre rola isso caras que parecem bonitos na net mas na vida real estraga td kkkkk, sorte sua ser menor, ja fui desses de encontrar o cara por impulso me fudi hj sou sussa

João de Deus disse...

tô seguindo